terça-feira, 9 de novembro de 2010

Exaltem o nosso Deus

O Único que é digno de receber a honra e a glória, a força e o poder! Ao Rei Eterno, Imortal, Invisível, mas Real! A Ele, ministramos o louvor.

Teu, SENHOR, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, SENHOR, é o reino, e Tu Te exaltaste por chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de Ti, Tu dominas sobre tudo, na Tua mão há força e poder; contigo está o engrandecer e a tudo dar força. Agora, pois, ó nosso Deus, graças te damos e louvamos o Teu glorioso nome 1 CR 29.11-13. 

Quando paro pra falar de Jesus, logo percebo o quanto sou limitada, o quanto sou pequena, diante da grandeza do nosso Deus. É honroso poder servi-Lo, exaltá-Lo, magníficá-Lo, porque só Ele é digno de tudo isso. E o máximo que fizermos pra Ele, ainda será pouco em relação ao que Ele merece.
Ele é o único que tem autoridade pra dizer: Eu Sou. Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU EX 3.14 a. Só Ele pode, só Ele faz todas as coisas, porque Ele é soberano! O nosso Deus é santo Eu Sou o SENHOR, vosso Deus; portanto, vós vos consagrareis e sereis santos, porque eu sou santo LV 11.44 a. Não há quem possa se comparar a esse Deus. Ele é o Deus dos deuses e Senhor dos senhores Pois o SENHOR, vosso Deus, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e temível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita suborno DT 10.17.
O Deus que eu sirvo não é um Deus limitado, que pode apenas algumas coisas! O meu Deus é grande, pode todas as coisas. Certa vez, falando Deus a Jeremias no capítulo 32.27, Ele disse: Eis que Eu Sou O SENHOR, o Deus de todos os viventes; acaso, haveria coisa demasiadamente maravilhosa para mim? Então, não limite o Deus que você serve, porque Ele faz além daquilo que pedimos ou sonhamos EF 3.20.
Tu És o grande, o poderoso Deus, cujo nome é o SENHOR dos Exércitos JR 32.18b. E o que me alegra em servir a Deus é que Ele é Deus sem mim, mas eu não sou eu sem Ele e mesmo assim Ele me escolheu, me resgatou, me quis ao lado dEle. Quando muitas vezes pessoas que estão ao nosso lado não nos valorizam, nos desprezam e nos humilham, o Deus, o Todo-Poderoso, o Leão da tribo de Judá, o General de guerra, o Rei dos Reis e Senhor dos senhores, está do nosso lado nos aceitando como somos, nos amando como somos, nos ajudando, nos fortalecendo, nos esforçando, sendo fiel, quando muitas vezes não somos. Portanto, não temas diante das investidas do inimigo, diante das dificuldades, humilhações, perseguições, pois, como o salmista Davi escrevera no Salmo 27.1 O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? Ele é o mesmo Deus de Davi. Ainda que não sejamos um Davi, nós servimos ao mesmo Deus dele.
Por isso, hoje, saberás e refletirás no teu coração que só o SENHOR é Deus em cima no céu e embaixo na terra; nenhum outro há DT 4.39. Glória a Deus por isso! Exalte esse Deus, adore a Deus, transmita a palavra de Deus, seja um seguidor constante do SENHOR, seja crente todo e não pela metade, confie em Deus, persevere nos caminhos do SENHOR e verás quão grandes coisas o SENHOR fará por vós.
Louvem a Deus! Louvai ao SENHOR, porque é bom e amável cantar louvores ao nosso Deus; fica-lhe bem o cântico de louvor SL 147.1. Além disso, Ele é O Único que é digno de receber a honra e a glória, a força e o poder! Ao Rei Eterno, Imortal, Invisível, mas Real! A Ele, ministramos o louvor.
Que Deus nos abençoe!

By Lane Barcelos
           

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Blog do Pb. Sílvio - Todo dia uma edificação para a sua meditação

      Hoje estou aqui apresentando a vocês, amados irmãos em Crsito, um Blog criado por um servo de Deus. Sílvio Luís, este é o seu nome. Presbítero da Igreja Assembléia de Deus em Madureira e um instrumento vivo nas mãos do Todo-Poderoso. Digo-lhes que vale a pena conhecer, pois tudo que diz respeito a palavra do SENHOR é do nosso interesse!
     Visitem esse Blog! E aqueles que são meus seguidores, sejam dele também; pois, é nosso dever sermos mensageiros da palavra de Deus.
      Que o nosso SENHOR Jesus vos abençoe!

O endereço do Blog é:    http://silviolr.blogspot.com/

By Lane Barcelos

sábado, 16 de outubro de 2010

Hino 547 da Harpa Cristã - O Rei está voltando

A volta do Rei Jesus


Quero começar esse post cantando o côro do Hino 547 da Harpa Cristã – O Rei está voltando.

O Rei está voltando! O Rei está voltando!
A trombeta está soando, para os santos transladar.
Sim, o Rei está voltando! O Rei está voltando!
Aleluia! Ele vem nos buscar!

            Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo AP 1:3. Amados irmãos, nós sabemos que o tempo do fim está próximo, pois estamos vivendo toda a profecia revelada ao apóstolo João do que aconteceria nos últimos dias.
            Sabemos que o nosso Senhor Jesus está ao lado do Pai advogando nossas causas, pois hoje, temos um Advogado Fiel ao nosso lado, Aquele que intercedo por nós ao Pai, que torna nossos problemas difíceis em bênçãos, que nos eleva a posição de vencedor quando muitos nos têm por perdedores; que faz por nós aquilo que não podemos, que entende nosso pranto e enxuga nossas lágrimas; que está conosco ao nosso lado e que nos ama muito mais do que merecemos, pois ainda que não permaneçamos fiel a Ele, Ele será sempre fiel a nós; Jesus Cristo! Sim, Hoje Ele é nosso Advogado e nunca perderá uma causa e nEle, sempre teremos vitória, porque Ele é Soberano. Mas, chegará o dia em que de Advogado, Ele passará a ser Juiz temível e a Bíblia diz em MT 10:33 mas aquele que me negar diante dos homens, também Eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus. Em chegado aquele dia, Jesus irá julgar as nações e muitos lamentarão E todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele AP 1:7b; e não adiantará mais, pois de Advogado misericordioso, Ele será o Justo Juiz e nós, cristãos abramos as nossas bocas e falemos em alta voz: Ora vem SENHOR JESUS! E estando diante do filho, nos apresentaremos; e como será para cada um de nós? Em Êxodo 23:15b diz que ninguém apareça de mãos vazias perante mim. O que você tem feito para se apresentar ao Senhor naquele dia? O Advogado que advogava suas causas, que lhe concede bênçãos passará a ser o Juiz e determinará sua sentença e qual destas irás querer ouvir? Bem-vindo de meu Pai servo bom e fiel? Ou Aparte-te de mim? E Ele diz em AP 3:11 Venho sem demora. Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Sabemos que a caminhada rumo a Canaã Celestial é difícil e o reino dos céus é tomado a força e o inimigo está o tempo todo querendo te fazer perder seu galardão, pois ele sabe que pra onde nós iremos, ele jamais poderá entrar, uma vez que ele de lá foi expulso. Por isso que ele faz de tudo pra que você não prossiga nos caminhos do SENHOR, pois a volta do Rei está próxima e nossa felicidade eterna será concretizada por Aquele que nos prometeu e é Fiel pra cumprir, pois Ele disse a Jeremias que vela pela Sua palavra.
            Muitas são as oportunidades que o SENHOR têm dado; aos ímpios e a nós cristãos que precisamos a cada dia nos santificarmos, pois como está escrito em AP 16:15 Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha. Não sabemos o dia, nem a hora que Jesus irá voltar, mas sabemos a cada dia que Ele está às portas e em breve raiará nas nuvens. Aleluia! Eis que venho sem demora AP 22:7 a. e Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! AP 22:20.


E disse-me ainda: Tudo está feito. Eu Sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida. O vencedor herdará estas coisas, e Eu lhe serei Deus, e ele Me será filho. AP 21:6-7.

O Rei está voltando! O Rei está voltando!
A trombeta está soando, para os santos transladar.
Sim, o Rei está voltando! O Rei está voltando!
Aleluia! Ele vem nos buscar!

By Lane Barcelos  

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O SENHOR dos Exércitos

De Gênesis a Apocalipse podemos ver nos nomes atribuídos ao Senhor, a demonstração da sua Glória, do seu Poder e do seu Amor por nós.

Em Gênesis, Ele é o Criador;
Em Êxodo, Ele é o Libertador de Israel;
Em Levítico, Ele é o nosso sacrifício pelo pecado;
Em Números, Ele é o Deus da nossa cura e redenção;
Em Deuteronômio, Ele é o verdadeiro profeta;
Em Josué, Ele é o Senhor da conquista e da nossa salvação;
Em Juízes, Ele é o nosso Juiz e Libertador;
Em Rute, Ele é o nosso parente resgatador;
Em Samuel, Reis e Crônicas, Ele é o nosso Rei;
Em Esdras e Neemias, Ele é o nosso Restaurador;
Em Ester, Ele é o nosso Advogado;
Em Jó, Ele é o nosso Redentor que vive;
Em Salmos, Ele é o nosso Socorro e Alegria;
Em Provérbios, Ele é o Deus da Sabedoria;
Em Eclesiastes, Ele é o Alvo Verdadeiro;
Em Cantares de Salomão, Ele é o Esposo Amoroso;
Em Isaías, Ele é o Messias que há de vir;
Em Jeremias e Lamentações, Ele é o Renovo da Justiça;
Em Ezequiel, Ele é o Deus das Visões;
Em Daniel, Ele é a Pedra que esmiuça;
Em Oséias, Ele é Deus e seu Amor é Redentor;
Em Joel, Ele é o Deus da Sentença;
Em Amós, Ele é o Divino Salvador;
Em Obadias, Ele é o nosso Salvador;
Em Jonas, Ele é a nossa ressureição e a vida;
Em Miquéias, Ele é a Testemunha contra as nações rebeldes;
Em Naum, Ele é a Fortaleza no Dia da angústia;
Em Sofonias, Ele é o Senhor Zeloso;
Em Ageu, Ele é o Desejado de Todas as Nações;
Em Zacarias, Ele é o Renovo de Justiça;
Em Malaquias, Ele é Deus Tremendo;
Em Mateus, Ele é o Messias Prometido;
Em Marcos, Ele é o Servo de Deus;
Em Lucas, Ele é o Filho do Homem;
Em João, Ele é o Filho de Deus;
Em Atos, Ele é o Senhor Redivivo;
Em Romanos, Ele é a Justiça nossa;
Em 1º Coríntios, Ele é o Senhor nosso;
Em 2º Coríntios, Ele é a Nossa Suficiência;
Em Gálatas, Ele é o Libertador do Jugo da Lei;
Em Efésios, Ele é o Nosso Tudo em Todos;
Em Filipenses, Ele é o Deus da Glória;
Em Colossenses, Ele é a nossa Vida;
Em 1º e 2º Tessalonicenses, Ele é Aquele que há de vir;
Em 1º e 2º Timóteo, Ele é o Nosso Exemplo;
Em Tito, Ele é o Deus Instrutor;
Em Filemom, Ele é o Nosso Senhor e Mestre;
Em Hebreus, Ele é o Nosso Sacerdote;
Em Tiago, Ele é o Deus das Boas Obras;
Em 1º Pedro, Ele é a Pedra Angular da Fé;
Em 2º Pedro, Ele é a Nossa Força;
Em 1º, 2º e 3º João, Ele é a Verdade e o Caminho;
Em Judas, Ele é o Nosso Protetor;
Em Apocalipse, Ele é o Leão da Tribo de Judá; o Alfa e o Ômega; O Princípio e o Fim; O que é, o que era, e o que há de vir; E no seu vestido e na sua coxa tem escrito esse nome: Rei dos reis e Senhor dos Senhores.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A CARNE OU O ESPÍRITO: A QUEM VOCÊ TEM ALIMENTADO MAIS?

           Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne GL 5-16. Irmãos, esse versículo nos ensina de forma clara que nós, cristãos, devemos ter um relacionamento íntimo com o Espírito para que não venhamos a satisfazer os desejos carnais. Pois sabemos que a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer GL. 5-17.
            Cada vez que você for tentado a fazer alguma coisa que sua carne tiver plena satisfação, lembre-se que nesse momento o Espírito estará enfraquecido, pois aquele a quem você mais está alimentando é quem está com maior força e isso me faz lembrar que, certa vez existia um senhor que possuía dois cães: um branco e um preto e este senhor sempre fazia competições entre os cachorros, onde as pessoas apostavam em um dos dois pra ver quem vencia; acontece, que o dono dos cães também apostava e todas as vezes que ele apostava num determinado cachorro, este vencia; daí, ele foi questionado pelos apostadores, pois todos queriam saber como era que ele sempre apostava no cachorro certo; e a resposta que ele deu foi a seguinte: que sempre que ele apostava num cachorro, no branco, por exemplo, ele passava a semana o tratando com mais carinho, dando-lhe as melhores rações, o alimentava mais e assim, o cão que ele apostava vencia porque estava mais forte e bem alimentado.   
            Aí, eu pergunto: e você, a quem está alimentando mais: a carne ou o Espírito? Pois, trazendo essa história pra nossa condição cristã, é bem verdade que muitas vezes os desejos carnais querem se propagar, pois eles estão aí (Leia GL 5-19;20;21) a disposição buscando adentrar na vida daquele que não estiver firmado em Jesus o suficiente para rejeitar o mundo e suas concupiscências (Leia GL 5-25). Em Efézios 4-27, a Bíblia nos ordena a não dar lugar ao diabo e no versículo 30 do mesmo capítulo, vemos Paulo nos exortando a santidade ao dizer E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Com essas palavras, vimos que existe uma diferença entre nós e os ímpios, pois dentro de nós existe Aquele que nos foi dado como Consolador, e que, por fazer parte da Trindade de Cristo, é uma pessoa com sentimentos e quando viemos a satisfazer a carne, Ele é o primeiro a se entristecer, porque hoje o nosso corpo é Templo e morada do Espírito de Deus e sendo assim, como está escrito em EF 5-5 Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.
            Ainda no Livro de Efésios capítulo 6 do versículo 10 em diante, podemos ver que, mesmo com as investidas do inimigo, das potestades e espíritos do mal, temos Alguém que nunca nos deixará só, pois sabemos que somos fracos e carentes da armadura de Cristo. E, portanto, temos que nos refugiar nEle como diz o versículo 18 com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.
            Que possamos nos lembrar do Hino 75 da Harpa Cristã, quando ele inicia sua primeira estrofe dizendo: Tentado não cedas, ceder é pecar, melhor e mais nobre, será triunfar, coragem ó crente, domina teu mal. Deus pode livrar-te de queda fatal. E sempre procurar alimentar o nosso Espírito através da Palavra de Deus, dos cultos, orações, pois temos sim, armas poderosas que podem impedir que as concupiscências do mundo se infiltrem em nossas vidas, principalmente se Deus perceber o coração quebrantado e o arrependimento sincero, como está em 1 CR 29-17 a Bem sei, meu Deus, que tu provas os corações e que da sinceridade te agradas. Que sempre possamos encontrar mercê perante o SENHOR e que Suas infinitas misericórdias, estejam sempre direcionadas a nós, para que assim, possamos continuar nossa marcha rumo a Canaã Celestial.

By Lane Barcelos
      

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Gideão e os trezentos homens



           No livro de Juízes da nossa Bíblia Sagrada, capítulo 6 do versículo 11 em diante, vemos a passagem do chamamento de Gideão quando o Anjo do SENHOR lhe apareceu e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valente (JZ 6-12). Naquele momento, Gideão ainda não sabia o propósito que Deus tinha com ele. Mais adiante, no versículo 14, vemos o SENHOR a lhe dizer que ele fosse na sua força livrar Israel das mãos dos midianitas, pois, os midianitas estavam oprimindo a todo o povo de Israel.
            No versículo 15, temos um reconhecimento da parte de Gideão de que ele, por ser da família mais pobre em Manassés, ainda era o menor da casa de seu pai. Sendo assim, com que livraria ele Israel? Mas o nosso Deus, o Deus de Israel é aquele que peleja pelos seus, que faz do humilhado, exaltado, que mostra Seu poder quando não podemos fazer, quando não temos condições, porque o maior é Ele, o poderoso é Ele, dEle e pra Ele são todas as coisas. E foi assim que Ele fez na vida de Gideão.
            Através de Seu poder, Deus deu condições para que Gideão destruísse os midianitas. JZ 6-16.
            No capítulo 7, a partir do versículo 2, vemos o que Deus fez para mostrar que o poder é dEle, a glória é dEle e que ninguém queira se gloriar de si mesmo, pois nas suas situações difíceis, quem resolve é Deus, quem dá condições é Deus, porque assim como Gideão reconheceu que era o menor da casa de seu pai, que possamos reconhecer que diante de Deus, somos pequeninos, que nada podemos ou sabemos sem que o SENHOR esteja conosco. Você pode ser dotado de toda formação secular, mas se você não tiver a ajuda de Deus na sua vida, não importa quão sábio você seja, pois de nada valerá nenhuma sabedoria humana, sem reconhecimento de que tudo provêm de Deus. Podemos ver isso em JZ 7-2.
A Bíblia diz que dos 32.000 homens que estavam com Gideão, apenas 300 foram permitidos por Deus para enfrentar o exército dos midianitas, que, conforme a Bíblia (JZ 7-12) era uma multidão que se comparava a areia da praia. Mas o nosso Deus é Aquele que faz o que ninguém pode fazer e enquanto muitos pensavam que Gideão e seus trezentos homens pereceriam, eis que Deus foi adiante deles, pois não importa o tamanho da situação ou o número dos seus inimigos, se Deus estiver no comando, a vitória é sua em nome de Jesus! Glória seja dada ao nome de Jesus! Como está em JZ 7-14b.

          Como Deus foi com Gideão, permitindo que, com apenas trezentos homens ele destruísse o exército dos midianitas, assim Deus também é conosco. Pois o Seu poder é o mesmo, Ele não mudou e não mudará. Deus pode fazer por mim e por você aquilo que não podemos e que aos nossos olhos é impossível. Pois é nas nossas impossibilidades que Deus mostra o Seu poder, desde que confiemos nEle. Pois para Deus nada é impossível! LC 1-37. Mas para que isso aconteça na minha e na sua vida, Entrega teu caminho ao SENHOR, confia nEle e tudo Ele fará SL 37-5. Que Deus nos abençoe!

By: Lane Barcelos       

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

O Sangue de Cristo e o sangue comum

O Sangue de Jesus me lavou, me lavou!
O Sangue de Jesus me lavou, me lavou!
Alegre cantarei louvores ao meu Rei,
A meu Jesus, que me salvou.
                                                            Hino 60 da H.C.

A Paz do Senhor meus amados irmãos! Vim aqui hoje falar da diferença que existe entre o Sangue de Cristo e o sangue comum. Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã IS 1-18. Meus amados irmãos, vemos aqui nesse versículo algo que somente uma grande transformação pode fazer e tal transformação somente conseguimos através do Sangue de Cristo. O que se vislumbra aqui, ao observarmos a última frase do versículo é que, “ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã”; aqui ele está falando a cerca do pecado, iniqüidades e transgressões. Tendo Jesus ouvido isto, respondeu-lhes: Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes; não vim chamar justos, e sim pecadores MC 2-17. Ou seja, quando estávamos no pecado, nos encontrávamos doentes e carecíamos de uma medicação especial, pois sabemos o salário do pecado é a morte RM 6-23a, e essa “medicação” só foi possível encontrarmos através do Sangue de Jesus, que morreu por nós e purificou-nos através de seu sacrifício.

Jesus é o meu forte Redentor;
Ele é meu grande Salvador,
Que me libertou na cruz, com mui amor,
Cristo é meu Rei e meu Senhor.
                                                              Hino 78 da H.C.

Porque existe uma diferença entre o Sangue de Cristo e o sangue comum. Uma vez que, se o sangue comum tocar em sua pele, esta irá sujar-se, se tocar em suas vestes, as mesmas irão manchar-se. Mas, se o Sangue de Cristo tocar em você, você ficará limpo, será lavado, suas vestes ficarão puras, porque o Sangue de Cristo quando toca na vida do homem, este é transformado, purificado, pois nesse Sangue encontramos a salvação de nossas almas. Aleluia! E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos AT 4-12. Não importa quem você era ou o que você fez, pois, se o Sangue de Cristo te tocar, sua vida será transforma e serás uma nova criatura com Cristo, sendo justificado pela fé. Pois assim como, por uma só ofensa, veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também, por um só ato de justiça, veio a graça sobre todos os homens para a justificação que dá vida RM 5-18. Deus em Sua infinita misericórdia permitiu que Seu único filho viesse a morrer por nós pecadores para que hoje tivéssemos o direito de sermos herdeiros dos céus, e foi através do Sangue do Cordeiro derramado na cruz do calvário que hoje somos libertos de toda condenação mundana.

Livre estou! Livre estou!
Pela graça de Jesus livre estou;
Livre estou! Livre estou!
Aleluia! Pela fé, livre estou!
                                                              Hino 116 da H.C.

Que o precioso Sangue de Jesus Cristo continue nos remindo e nos protegendo das astutas ciladas do inimigo que trabalha contra nós para nos tirar da presença do nosso Deus. Mas, maior é o que está conosco do que o que está no mundo. Pois, o inimigo de nossas almas pode até tentar contra nós, mas se lembrarmos que estamos firmados na Rocha Eterna, que é Jesus Cristo e que o seu Sangue tem poder de afugentar uma legião de demônios, estaremos com Ele seguros ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam. Deus está no meio dela; jamais será abalada;SL 46.3;5. Glória a Deus por isso!

Meu Jesus! Meu Jesus!
Que precioso é o nome de Jesus!
Com Seu sangue me limpou;
De seu gozo me fartou;
Oh! Que graça me mandou, meu Jesus.
                                                                            Hino 184 da H.C.

Sim, porque por Ele fomos chamados e a Ele pertencemos e sempre que o inimigo quiser te derrotar, clame o Sangue de Cristo que tem poder para te libertar, te fortificar, te ajudar, pois foi através do Sangue de Jesus Cristo que hoje temos a certeza de irmos morar no céu.

Pelo sangue, pelo sangue,
Somos redimidos, sim
Pelo sangue carmezim;
Pelo sangue, pelo sangue,
Pelo sangue de Jesus, no Calvário!
                                                                  Hino 192 da H.C.

Eis a diferença entre o Sangue de Cristo e o sangue comum: o sangue comum suja; mas o Sangue de Cristo limpa e purifica o homem. Deixe esse sangue tocar em você também e que Deus nos abençoe!

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna JO 3-16.

By Lane Barcelos

sábado, 4 de setembro de 2010

Oração

A oração não é como simpatia, amuleto, palavra ou fórmula mágica. Ela é fruto do relacionamento com Deus; é o resultado da intimidade de duas pessoas: VOCÊ E DEUS !
Em Mateus 4.1-11, Jesus está no deserto jejuando e orando por quarenta dias antes do início do seu ministério se tornar público e famoso. O Espírito o levou ali para ser tentado, e isto nos leva a pensar que só podemos vencer a tentação e qualquer provação através da oração. Vigilância e oração nos manterão ligados ao Deus que tudo pode, produzindo intimidade com ele, resultando em vitória sobre a tentação e aprovação nas provas – (Mt. 26.41).


TIPOS DE ORAÇÃO

a) Oração de Ações de Graças – (Jo. 11.41; Sl. 35.18, 50.23, 69.30; Jr. 33.11; II Co. 4.15; Ef. 5. 4,20; Fp.4.6) – atitudes ou atos de gratidão não é o simples fato de agradecer ou dizer obrigado, mas a expressão de um coração agradecido.

b) Oração de Louvor – (Mt. 6.13c; Sl. 18;19; 75; 81; 84) – Significa elogio. Portanto, aplicando isto a Deus é justamente elogiá-LO por tudo quanto Ele fez e é. ( Ele é Poderoso, Santo, Tremendo, Misericordioso, Rei de toda a Terra, Maravilhoso, me deu vida, me dá paz, me livra do mal, me sustenta, etc ).

c) Oração de Adoração – (I Cr. 29.10-12; Ne. 9.5-6) – O homem foi criado para adorar ao Criador – (Ef. 1.5-12), e nunca estará completo se não for nesta posição. E neste tipo de oração estão envolvidas quatro atitudes: 1) quebrantamento, 2) humildade, 3) amor e 4) dádiva.

d) Oração de Petição ou Súplica – É o tipo de oração mais usada, a mais comum; arriscamos dizer até que na maioria das vezes não fazemos outro tipo de oração. Mas o Senhor Jesus a ensinou (Mt. 7.7; Jo. 14.13,14 e 16.23,24) e seus apóstolos também (Fp. 4.6; Tg. 4.2,4; I Pe. 5.6,7).

Duas atitudes necessárias ao orar, pedindo alguma benção:

1º) Fé – (Mt. 21.22; Mc. 11.23,24; Hb. 4.16)

2º) Persistência – (Lc. 18.1-7)

e) Oração de Dedicação – (Gn. 22.1-18; Mt. 26.39). É o tipo de oração que expressa renúncia, quando estamos em conflito em relação à vontade de Deus voluntariamente nos consagramos e começamos a orar “se for a Tua vontade” e mais adiante estamos orando “seja feita a Tua vontade” e mais adiante estamos orando “seja feita a Tua vontade e não a minha” e mais um pouco estamos orando “Senhor eu só quero fazer a Tua vontade” e chegamos a dizer: “Pai, eu consagro a Ti o meu livre-arbítrio”.

f) Oração de Entrega – Quando os ataques do mundo coincidem com os da carne, resultando angústia, frustração e desânimo, gerando um conflito entre o homem interior e o homem exterior, e a preocupação parece não ter fim, é a hora de entregar tudo ao Senhor, tomar os fardos e colocá-los ao pé da cruz e descansar nEle – (Sl. 37.5; Lc. 23.46; Fp. 4.6,7; I Pe. 5.6,7).

g) Oração de Intercessão – (Jo. 17.9). É tomar o lugar de alguém numa necessidade ou problema, pleiteando a sua causa como se fosse própria. Esta é uma arma muito eficaz na batalha espiritual. Quando alguém está desanimado e até pensando em desistir de seguir a Jesus, levanta-se o intercessor – (Jr. 1.12). A intercessão muda as circunstâncias – (Gn. 18.22,23). Ela faz parte do viver diário dos santos – (Ef. 6.18).

Podemos citar outros tipos de oração como de consagração, de renúncia, de libertação, de guerra, etc. precisamos oferecer o sacrifício específico para o momento específico porque orarei com o espírito mas também orarei com o entendimento. ( I Cor. 14:15 ).


FORMAS DE ORAÇÃO

1. Privada – (Mt. 14.23; Mc. 6.46; Lc. 6.12). quando Jesus se retirava para montes ou desertos para orar; não era apenas para não ser interrompido, mas também para falar ao Pai em secreto. Assim como um casal, vai amadurecendo o seu diálogo, assim também acontece com o discípulo e o seu Senhor .

2. Concordância – (Lc. 9.28; Mt. 18.18,19; Mc. 10.51,52). Em algumas ocasiões o Senhor Jesus perguntava aos que iam ser curados qual era o desejo deles, para com isto gerar a concordância – (Gn. 11.6). Pedro e João (At. 3.1-3), Paulo e Barnabé (At. 14.6-12), e Paulo e Silas (At. 16.25-31). A oração de concordância é uma arma poderosa e aponta para a unidade e gera sinergia

3. Coletiva (At. 4.24-31) (grupo) – É a de concordância multiplicada. Um grupo ou toda Igreja local unida no mesmo propósito, apresentando juntos a sua petição. Deus opera tremendamente o Seu poder nesta forma de oração.

QUANTO AO LOCAL

Gen. 24:63 – Isaque ora no campo.

Mat. 14:23 – Jesus subiu ao monte para orar.

João 11:41,42 – Jesus orou no cemitério.

Atos 21:05 – Paulo ora na praia.

Atos 22:16 – Paulo ora no templo.

Dan. 6:10 – Daniel orava no quarto.

Jon. 2:1 - Jonas ora no ventre da baleia.

Atos 9:11 - Paulo ora na casa do seu amigo.

Atos 16:25 – Paulo e Silas oram na cadeia.

Em Mateus 6:6 Jesus manda orar no quarto.

QUANTO AO TEMPO

Gen. 24:63 – Isaque ora no cair da tarde.

Sal. 5:3 - Davi ora pela manhã.

Sal. 42:8 - Davi ora à noite.

Sal. 119:63 – Davi ora à meia-noite.

Sal. 55:17 - O salmista ora de manhã, ao meio dia e à tarde.

Dan. 6:10 - Daniel ora 3 vezes ao dia.

Mateus 26:36 – Jesus ora de madrugada.

Atos 16:25 - Paulo e Silas oram perto da meia noite.


QUANTO A MANEIRA

Gen. 24:63 – Abraão ora ajoelhado.

Êxo. 17:12 - Moisés ora assentado.

Sal. 5:3 - Ezequias ora deitado.

Sal. 42:8 - Davi ora em pé.

Dan. 6:10 - Daniel ora de joelhos.

Atos 16:25 – Paulo ora assentado e acorrentado.

ENTENDENDO O “PAI NOSSO”

Jesus ensinou seus discípulos a orar e deixou um modelo de oração que deve ser bem entendida. Mais do que uma “reza” prá ser repetida por “papagaios religiosos” a oração do “Pai nosso” tem lições que vamos ver agora, são 10 itens:

1º - REDENÇÃO - Pai nosso ...
Podemos dizer Pai nosso, porque os que aceitaram Jesus são feitos filhos de Deus. ( João 1:12 )

2º - AUTORIDADE - ... que estás nos céus ... Ele é o Senhor soberano, criador, todo-poderoso, tem autoridade e nos dá autoridade ( Mc. 16:17; Lc. 10:19 )

3º - ADORAÇÃO - ... santificado seja o Teu nome ... O Senhor procura verdadeiros adoradores que O adorem em espírito e em verdade. ( Jo. 4:23-24 ). A expressão “Teu nome” se refere a Deus na Sua totalidade, significa Deus em todos os Seus atributos, é a preocupação genuína em dar toda a glória a Deus Pai. ( João 8:50 ).

4º - GOVERNO - ...venha a nós o Teu reino ... Deus governa todo o Universo e governa também minha vida, o governo de Deus implica em impactar o mundo através do Evangelho, quando vidas são libertas, famílias restauradas, enfermos são curados, pecadores transformados em santos, o Reino de Deus está sendo implantado. Quando oramos : “venha o Teu reino”, estamos orando pelo sucesso do evangelho, em sua amplitude e poder, é uma oração missionária, e também indica que estamos esperando e apressando a vinda do dia de Deus. ( II Pe. 3:12; Mt. 24:14 ).

5º - SUBMISSÃO - ... seja feita a Tua vontade assim na Terra como no céu ... Quando eu começo a desejar a vontade de Deus e não a minha, os ítens anteriores são verdade, sou filho, reconheço Sua autoridade, O adoro, estabeleço o Seu governo e não do homem, enfim, seja na Terra ou no céu, Sua vontade é perfeita, boa e agradável. ( Rm. 12:2 ). Esse deve ser o desejo de todo crente sincero ansiando para que o mundo inteiro venha a conheçê-Lo também.

6º - PROVISÃO - ... o pão nosso de cada dia nos dá hoje ... Deus garante a provisão necessária para os seus filhos, isso é a expressão do Seu cuidado conosco. A nós cabe viver na Sua dependência, confiando nas Suas promessas. Cristo começa pedindo pelo corpo.

7º - PERDÃO - ... perdoa as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores ... Perdoar não é uma condição para sermos perdoados por Ele, as palavras demonstram o Seu interesse em nos lembrar da necessidade e importância do perdão. A parábola do credor incompassivo ensinam que a prova que você e eu fomos perdoados é que perdoamos aos outros. O homem que sabe que foi perdoado em virtude do sangue vertido por Cristo, e nada mais, é o indivíduo que sente a compulsão de perdoar os outros.

8º - PROTEÇÃO - ... não nos deixes cair em tentação ... Assim como Jesus estendeu a Sua mão e segurou a Pedro, assim devemos estar pedindo que Deus nos segure com Sua mão porque Ele conhece nossa fraqueza. Jesus é o nosso Pastor e nos guiará em proteção. Nesse sentido Jesus nos ensina a orar e vigiar para não entrar em tentação ( Mt. 26:41 ).

9º - LIBERTAÇÃO - ... mas livra-nos do mal ... Por qual motivo deveríamos pedir a Deus para sermos resguardados do mal ? Pelo grande e admirável motivo que a nossa comunhão com Deus jamais venha a sofrer interrupção. O mal aqui inclui não somente o diabo mas também todas as formas e variedades do mal. Só está livre quem é redimido por Cristo ( Jo. 8:32 )

10º - SEGURANÇA - ... pois Teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Quando consideramos as nossas necessidades e também o quanto dependemos d'Ele e as nossas relações com Ele, não podemos parar, dizendo : “ livra-nos do mal”. Precisamos terminar nossa oração conforme havíamos começado, isto é, louvando ao Senhor. Podemos chegar com confiança diante do Trono da graça ( Hb. 4:16 )

AS RESPOSTAS QUE DEUS DÁ

São quatro as respostas que Deus dá às nossas orações : sim, espera mais um pouco, não e o silêncio.

SIM => Essa resposta ser sempre obtida se observarmos os preceitos acima descritos.

ESPERA MAIS UM POUCO => Esse tipo de resposta sempre nos leva necessidade da prática da perseverança ( Lc. 18:1-8 ).

NÃO => Uma resposta assim ser o resultado de no termos pedido conforme Sua vontade, e sempre ser para o nosso benefício. ( Rm. 8:28; Tg. 4:7a. )

SILÊNCIO => Essa atitude de Deus pode implicar que existem impedimentos à nossa oração. ( I Sm.28:6 ).


COMECE A ORAÇÃO COM A RESPOSTA

Quando você começa a oração com a Palavra de Deus, já começa com a resposta. Note por exemplo a oração de Davi no Salmo 23. Ele no suplica : “Deus, supre minhas necessidades. Preciso tanto de Ti! Estou cansado, com fome, leva-me a um lugar onde possa ser saciado. Livra-me da morte. Fica comigo. Toma conta dos meus inimigos” Não! Davi ora a Palavra de Deus, ora a resposta : “ Senhor, Tu és o meu Pastor, nada me faltará ...”

Você é convidado a fazer o que Davi fez. Ore a Palavra e veja Deus agindo na sua vida. Não fique aí choramingando o tempo todo. Abra a boca e ouse confessar diante de Deus aquilo que Ele já falou. Revele que você crê que tudo quanto Ele lhe prometeu é seu. É assim que devolvemos a Palavra de DEUS PARA Ele mesmo. É assim que ela não volta vazia.

ORANDO COM FÉ

Se você ora não tendo fé, mas com qualquer indício de dúvida, você não receber nada ( Tg. 1:6-7 ), e fé conforme Hb. 11:1 :

·FIRME FUNDAMENTO “ Certeza” ( Hupostasis)

Garantia, documento que atestam, escritura ( das coisas que esperam )

·CONVICÇÃO “Prova” ( das coisas que não se vêem )

FÉ = documento de Deus e nossa convicção ( DEUS FALAR E EU ACREDITAR )





sábado, 31 de julho de 2010

Hino 75 da Harpa Cristã: Em Jesus tens a palma da vitória

Pecado, um mal que deve ser evitado

1. O PECADO E AS SUAS ATRATIVIDADES


•Ele acontece pela ociosidade descuidada - Gl 5.16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
•Ele acontece pelos desejos desenfreados - Mt 5.28 Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
•Ele acontece pela cobiça compulsiva - Tg 1.15 Depois, havendo a concupiscência concebida, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.


2. O PECADO E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS

•Sua consumação acarreta sérios problemas - Sl 42.7 Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.
•Sua dissimulação leva a atitudes irracionais - Pv 6.18 O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal,
•Sua permanência leva a intenções estúpidas - Pv 13.16 Todo prudente procede com conhecimento, mas o insensato espraia a sua loucura.


3. O PECADO E OS SEUS AGRAVAMENTOS

•Quando não é refreado tem efeitos degradantes - Jó 22.23 Se te voltares ao Todo-Poderoso, serás edificado; se afastares a iniqüidade da tua tenda,
•Quando não é refreado tem efeitos vergonhosos - Jr 16.17 Porque os meus olhos estão sobre todos os seus caminhos; não se escondem da minha face, nem a sua maldade se encobre aos meus olhos.
· Quando não é refreado tem efeitos condenatórios - I Cl 3.25 Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas.



Davi e Bate-Seba
O pecado de adultério

Qualquer desobediência da palavra de Deus é pecado. Jamais devemos sugerir que há pecadinho e pecadão. Mas, nesta vida, alguns pecados levam a conseqüências maiores. Alguns pecados machucam outras pessoas mais profundamente do que outros. Alguns causam seqüelas desastrosas e irreversíveis. Não é por acaso que o adultério sempre se encontra entre os piores dos pecados, tanto nos olhos de Deus como entre os homens.Deus não nos deixa sem defesa contra este pecado destruidor de vidas. Além de várias advertências bíblicas, há diversos exemplos de como o adultério complicou a vida de pessoas que o praticaram, e de suas vítimas inocentes. Um exemplo clássico é Davi, o segundo rei de Israel.

Erros que levaram Davi ao pecado

Quando uma pessoa se entrega à tentação, pode se encontrar numa situação praticamente impossível, onde não tem força para resistir. É essencial aprender como evitar essas situações difíceis. O exemplo de Davi sugere algumas coisas que vão nos ajudar. Devemos nos dedicar ao papel que Deus nos deu. Davi não se ocupou com seus próprios deveres. 2 Samuel 8 e 10. Hoje, um dos fatores que contribui ao pecado é falta de ocupação e dedicação em nosso trabalho. Homens desempregados mostram uma tendência maior de se envolver numa série de pecados, incluindo adultério, abuso de álcool e outras drogas, etc. Jovens ociosos tendem a se envolver em coisas erradas, por ter muito tempo livre. Mulheres sem responsabilidade participam mais das coisas do Adversário (1 Timóteo 5:13-15). Não devemos alimentar pensamentos errados. Nós não devemos hospedar pensamentos maus, porque levam às conseqüências graves (Jeremias 4:14; 6:19). O domínio próprio, uma das características fundamentais do servo de Deus, inclui a disciplina para controlar nossos próprios pensamentos (Gálatas 5:22-23; 2 Pedro 1:6; Filipenses 4:8-9; 2 Coríntios 10:4-6). É bom lembrar que um passarinho pode passar por cima da nossa cabeça, mas não temos que o convidar a fazer ninho em nossos cabelos. Devemos respeitar as advertências sobre o pecado. Davi ignorou, pelo menos, três advertências contra seu pecado, antes de ter relações com Bate-Seba. Primeiro, como conhecedor da palavra de Deus, ele sabia que sua cobiça e o ato de adultério são pecados contra Deus. Mesmo entre dois solteiros, tais relações são erradas. Segundo, ele já era casado, e o compromisso de casamento deveria ter sido mais um impedimento. Terceiro, ele sabia, antes de a convidar para casa, que Bate-Seba era mulher casada (2 Samuel 11:3). Nós devemos sempre respeitar as advertências sobre o pecado e suas conseqüências, antes de cometê-lo. Não devemos procurar circunstâncias que facilitam o pecado. Davi estava no lugar errado e pensou nas coisas erradas. Cada passo o levou mais perto do relacionamento pecaminoso que ia piorar a vida dele e de outras pessoas. Quando ele perguntou sobre Bate-Seba e a convidou para a casa dele, ele se colocou numa situação onde a tentação seria mais forte ainda. Ele já sentiu atração de longe, como resistiria quando estava a sós com ela? Há muitas lições aqui. A pessoa que sente a tentação de usar drogas deve ficar longe dos lugares onde as tem, e das pessoas que as usam. A pessoa tentada a beber deve evitar bares e festas onde servem bebidas alcoólicas. Um casal de namorados deve evitar lugares escuros e isolados, e jamais deve usar roupas sensuais ou participar de atividades que enfatizam o sexo.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

A Oração de Jabez

“Foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: Porque com dores o dei à luz. Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido”.
1Cr 4:9-10

No versículo seguinte, a lista de chamada dos membros da tribo de Judá continua como se nada tivesse acontecido: Quelube, irmão de Suá, gerou a Meir...
• As coisas começaram mal para uma pessoa que ninguém conhecia.

• Ele fez uma oração comum, de apenas uma frase.

• Tudo acabou excepcionalmente bem para ele.

Está claro que o resultado pode ser atribuído a sua oração. Alguma coisa presente no pedido simples e direto que Jabez fez a Deus mudou sua vida e deixou uma marca permanente nos livros históricos de Israel:

“Oh! Que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição”.

Nos tempos bíblicos, muitas vezes as mães colocavam os nomes em seus bebês referentes à sua aparência ou até mesmo à circunstância em que ele havia nascido.

Talvez isso explique por que, quando o grande dia de seu nascimento chegou, sua mãe chamou-lhe Jabez, dizendo: “Porque com dores o dei à luz”.

Talvez sua gestação tivesse sido muito sofrida, ou um parto muito doloroso, quem sabe ele tivesse virado, ou o parto se estendeu por um longo tempo, lembrem-se que naquela época não havia a anestesia peridural nem nenhum tipo de analgésicos para aliviar as dores do parto. Qualquer que tenha sido os motivos da sua mãe, imagine como deve ter sido para Jabez ter de passar por toda infância com um nome desses, “dor”.

Não só era um convite às gozações dos amigos como também uma sombra sobre seu futuro.
Mas Jabez estava disposto a mudar essa situação em sua vida, apesar de um começo infeliz, Jabez resolveu acreditar em algo sobre Deus que mudou sua vida para sempre. Ele acreditou que era da natureza de Deus abençoar, e que Ele não só podia, como queria abençoa-lo.

Você crê que Deus hoje pode mudar a sua vida e abençoa-lo?

Creio que Jabez quando ainda garoto, sua mãe tivesse lhe falado sobre o Deus de Israel, que fez diversos milagres para seus antepassados.

Talvez Jabez tivesse ouvido a história de Jacó, que lutou uma noite inteira com o anjo e disse: “Não te deixarei ir, se não me abençoares”.
Jabez realmente SUPLICOU a Deus, que o abençoasse e o ajudasse a ter uma “visão melhor” do que ele tinha em mente para sua vida.

E vejam o que diz o versículo de número 10 “e lhe concedeu o que tinha pedido”
Saiba que você, tem que olhar para Deus como Jabez olhou – Que Deus estava pronto para derramar as bênçãos divinas sobre os que clamam a Ele.

terça-feira, 27 de julho de 2010

O Deus das causas impossíveis - Êxodo 14

O NOSSO DEUS É O DEUS
DAS CAUSAS IMPOSSÍVEIS!

Este texto nos mostra o nosso Deus dando uma reviravolta numa causa perdida, agindo simultaneamente em 3 ÁREAS:

1. REPREENDENDO A INÉRCIA DO SEU POVO – vs 15.
Às vezes, o problema é tão grande que ficamos como que paralisados, sem ação, inertes. Neste momento, Deus nos dá um chacoalhão, um tratamento de choque, pois, sempre há uma parte da solução que cabe a nós, e a nossa parte Deus nunca faz.

A parte que cabia ao povo naquele momento era marchar:
- Diga ao povo que marche, disse Deus!
Para onde? Rumo à promessa, pela fé.
Mexa-se, povo de Deus! Saia da inércia!

2. ORIENTANDO E CAPACITANDO A LIDERANÇA – vs 16.
Vemos com freqüencia, em toda a Bíblia, Deus orientando e capacitando homens e mulheres para conduzir Seu povo à vitória.

O povo de Deus deve obediência e submissão aos seus líderes (Hebreus 13.17). Muitas vezes o crente deixa de ser abençoado por causa da sua rebeldia e de uma íntima decisão de desprezar os conselhos dos seus pastores.

É claro é preciso ser cauteloso, pois há muitos falsos líderes. Mas, graças à Deus, há também os líderes honestos e sinceros. Verdadeiros homens e mulheres de Deus, que estão consumindo suas vidas em favor das ovelhas. Afaste-se dos safados, mas submeta-se aos líderes que Deus verdadeiramente tem levantado, orientado e capacitado para te conduzir à vitória.

3. ABRINDO PORTAS E PROTEGENDO A RETAGUARDA – vs 17ss.
Pelo poder de Deus, o mar se abriu e os egípcios fizeram a loucura de entrar nele, pagando com a própria vida por isso. Quando Deus abre uma porta, não adianta o inimigo tentar entrar por ela também para nos ferir pelas costas, pois ela foi aberta para nós, e o próprio Deus se encarrega de proteger a nossa retaguarda, para que não sejamos vítimas de golpes traiçoeiros.

Entremos com confiança nas portas que o nosso Deus abre.


Conclusão:
Há uma causa difícil ou impossível em sua vida? Não há o que temer. Orientado por Deus através de Sua liderança, o povo de Deus tem apenas que sair da inércia e marchar pela fé os caminhos que Deus está abrindo à sua frente.


Deus seja louvado!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Dorcas - Um exemplo de bondade e de amor ao próximo

Dorcas foi a única mulher da Bíblia a ser chamada de discípula, ou seja, seguidora de Jesus, aprendiz, aquela que se senta aos pés do seu mestre...

Texto Bíblico

Atos 9:36-42

36 - Havia em Jope uma discípula por nome Tabita, que traduzido quer dizer Dorcas, a qual estava cheia de boas obras e esmolas que fazia.
37 - Ora, aconteceu naqueles dias que ela, adoecendo, morreu; e, tendo-a lavado, a colocaram no cenáculo.
38 - Como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, enviaram-lhe dois homens, rogando-lhe: Não te demores em vir ter conosco.
39 - Pedro levantou-se e foi com eles; quando chegou, levaram-no ao cenáculo; e todas as viúvas o cercaram, chorando e mostrando-lhe as túnicas e vestidos que Dorcas fizera enquanto estava com elas.
40 - Mas Pedro, tendo feito sair a todos, pôs-se de joelhos e orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. Ela abriu os olhos e, vendo a Pedro, sentou-se.
41 - Ele, dando-lhe a mão, levantou-a e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva.
42 - Tornou-se isto notório por toda Jope, e muitos creram no Senhor.


        Podemos ver nessa passagem Bíblica o poder do Nosso Deus aravés de seus dois servos: Dorcas e Pedro. O fato de Dorcas ter ressucitado através da oração de Pedro, nos mostra que quando Deus quer operar na vida de um servo fiel, Ele faz de uma maneira extraordinária pra mostrar a muitos seu poder e autoridade Bendito seja o nome do Senhor!
         As ações de Dorcas, fizeram dela a única mulher a ser chamada de discípula na Bíblia; para nós mulheres cristãs, que servimos ao mesmo Deus, fica a interrogação: como estou me comportando diante de Deus?
        Nossas atitudes de cristã devem estar dentro dos ensinamentos do nosso Senhor, pois sabemos que Deus nos abençoa na medida que nos esforçamos para obedecê-lo com temor e alegria no coração.
Várias outras mulheres foram louvadas, e nunca esquecidas, por Jesus e pelos Apóstolos. Mulheres que deram o exemplo de fé no Senhor Jesus e total dedicação no serviço à comunidade.


       Dorcas tinha um grande amor por Deus. Ela dedicava tempo à oração e ao estudo da Bíblia. Do seu amor a Deus, veio um grande amor por outras pessoas. Repare que ela sempre ajudou os pobres, não apenas quando tinha tempo e recursos, mas sempre.
Que possamos servir ao Senhor de forma completa: amando ao próximo, ajudando os necessitados, pois isso fará com que o nome do Nosso Deus seja cada vez mais glorificado, pois por Ele e pra Ele são todas as coisas. Amém!

sábado, 24 de julho de 2010

DEIXE JESUS SE APROXIMAR DE VOCÊ - João 5.1-15

JESUS SEMPRE REANIMA OS DESANIMADOS.


Frase de Efeito: JESUS SE APROXIMA E NOS REANIMA.


Como Jesus reanima os desanimados? Com suas ATITUDES:


1) JESUS REANIMA OS DESANIMADOS APROXIMANDO-SE DELES (V.6)
- Oposição: Alguns não acreditam que Jesus queira se aproximar de um pecador.
- Defesa: Há inúmeros testemunhos que não podem serem contestados, de vidas que foram tocadas e sentiram a presença de Jesus.
- Boa semente: Lucas 5:8.
- Fundamentação: Mateus:28:20b.
- Ponto Cruz: Jesus pagou o preço na cruz! – Colossenses 2:14 .
- Aplicação: Devemos crer que a aproximação de Jesus é uma realidade.
- Apelo do Meio: Há aqui alguém desanimado? Deixe Jesus se aproximar de você. Ele é teu socorro bem presente na hora da angustia.


2) JESUS REANIMA OS DESANIMADOS CURANDO SUAS ENFERMIDADES (vs 8-9)
- Oposição: Alguns não acreditam que Jesus ainda cura.
- Defesa: No entanto há incontestáveis testemunho desta verdade.
- Boa semente: Mateus 5:8b.
- Fundamentação: Isaias 53:5b.
- Ponto Cruz: Isaias 53:4
- Aplicação: Devemos crer que Jesus ainda quer nos curar.
- Apelo do Meio: Há alguém aqui desanimado da vida devido às suas enfermidades? Deixe Jesus se aproximar e receba o seu dom. Ele é o médico dos médicos.


3) JESUS REANIMA OS DESANIMADOS PERDOANDOS OS SEUS PECADOS (vs 14).
- Fundamentação: João 4, João 8:1-11.
- Ponto Cruz: Colossenses 2:13.
- Aplicação: Lucas 19:1-10 (Ilustrativa) Zaqueu andava desanimado da vida, pois todos o acusavam de "ladrão", mas quando Jesus se aproximou dele, Zaqueu recebeu o perdão e foi transformado. E a alegria tomou conta de sua vida.
- Apelo do Meio: Há pecados que precisam ser confessados? Deixer Jesus se aproximar de você e confesse a Ele todos os seus pecados. Ele tem o poder e a autoridade para te perdoar e salvar. É Ele que perdoa todas as nossas iniqüidades.




Conclusão:
Quando Jesus se aproxima de nós, a vida ganha novo ânimo, pois temos comunhão com Ele, saúde física e espiritual e alegria pelo perdão dos nossos pecados.




APELO FINAL:
Você e sua família estão precisando de ânimo, cura de enfermidades e perdão de pecados? DEIXE JESUS SE APROXIMAR DE VOCÊS.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Enchente em Barreiros - PE (minha cidade)

      No dia 19 de junho de 2010, Barreiros - PE viveu seu pior dia da história! O dia amanheceu bonito, o sol brilhava no céu azul sem nuvens, porém, em minha cidade os rios enchiam-se velozmente fazendo com que os moradores se desesperassem e saíssem de suas casas correndo, em sua maioria deixando todos os seus pertences pra trás.
     A minha casa foi coberta pelas águas (nesse momento me encontro desabrigada e sem noção do que vou fazer pra recomeçar), tive que sair também as pressas; perdi as camas, colchões e guarda-roupas, entre outras coisas, mas agradeço a Deus pela minha vida e a dos meus.
     Tenho vivido dias tristes, de repente me vejo desnorteada, sem saber o que fazer! minha cidade está destruída! casas, comércio, hospitais, esolas, clubes, bancos, pontes, tudo destruído! quando eu paro um pouco, lágrimas me vêem aos olhos, aliás, os olhos da população barreirense estão perdidos, sem brilho e lacrimejantes.
     Famílias inteiras perderam tudo. Algumas inclusive estão indo embora daqui, deixando pra trás aquela imagem de horror vivida por todos nós naquele dia!
     Já amanheço o dia correndo atrás dos donativos que estão sendo doados pelo exército, voluntários, anônimos, enfim, estamos numa situação de calamidade pública! Alguns bairros continuam sem água e energia elétrica; a lama é total na cidade, parece que passou um furacão por aqui.
     Pessoas desoladas, destruição, lama, desemprego, desabrigados, esse é nosso cenário, essa é nossa realidade hoje. Sinto-me perdida, triste, sem saber o que fazer... EU NÃO SEI O QUE FAZER!
     As vezes me dá vontade de ir embora, mas me pergunto: pra onde? tenho vontade de não voltar mais pra casa, mas me pergunto: onde vou morar? alguns dos meus vizinhos vão embora; outros irão passar um tempo fora, eu também queria poder fazer isso, mas não posso!
     Lágrimas enchem meus olhos e eu oro ao meu Deus! Clamo por misericórdia e fico esperando! sei que Ele está comigo e cuida de mim; me sinto vazia e sem esperança! choro sempre e fico quieta com o olhar perdido no espaço... a cidade está um pouco deserta e a todo tempo eu lembro daquele dia...
     Orem por mim!