quarta-feira, 20 de abril de 2011

Grandioso És Tu - Hino 526 da Harpa Cristã

Senhor, meu Deus, quando eu, maravilhado,
Contemplo a tua imensa criação,
A terra e o mar e o céu todo estrelado
Me vêm falar da tua perfeição.

SENHOR MEU DEUS! Analizando a primeira estrofe desse hino, realmente me sinto maravilhada ao contemplar, SENHOR, a Tua imensa criação! Essa estrofe nos mostra a Tua grandeza SENHOR, o Teu domínio sobre a terra, o céu e o mar; nos mostra o quanto SENHOR, És Poderoso, Soberano e Tremendo! No princípio criou Deus os céus e a terra GN 1.1. À porção seca chamou Deus de terra e ao ajuntamento das águas, mares. E viu Deus que isso era bom GN 1.10. Nesse versículo bíblico, podemos ver SENHOR, que Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos SL 19.1. Tudo isso, SENHOR, me fala da Tua perfeição!

Então minh’alma canta a Ti, Senhor:
- “Grandioso És Tu! – grandioso És Tu!”
Então minh’alma canta a Ti, Senhor:
- “Grandioso És Tu! – grandioso És Tu!”

O coro deste hino mostra uma adoração real, um reconhecimento da Grandeza de Deus e condiz com Sua palavra Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em Ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao Teu nome, ó Altíssimo; SL 9.1-2. Sim, SENHOR! Tu És grandioso e somente Tu SENHOR, é quem pode e tem autoridade pra dizer: O Grande Eu Sou! Por isso que a minha alma se alegra e canta a Ti, Grandioso És Tu, Grandioso És Tu!

Quando as estrelas, tão de mim distantes,
Vejo a brilhar com vívido esplendor,
Relembro, oh! Deus, as glórias cintilantes
Que meu Jesus deixou, por meu amor!


Essa segunda estrofe nos faz meditar que Jesus trocou o esplendor da sua glória para sofrer como homem por um povo cheio de pecado, e além de sofrer, Ele morreu por este povo que somos nós, para que hoje estivéssemos aqui vivos, recordando a Sua misericórdia e o Seu amor. Cristo Jesus destruiu a morte e fez brilhar a esperança da vida eterna, por meio da Boa Nova II TM 1. 10b. Foi para termos o direito da vida eterna que o meu Jesus padeceu, deixou glórias e honras, pra salvar a humanidade. Esse é Jesus, o Rei dos reis, o que salva e transforma, que morreu para que tivéssemos vida e vida com abundância!


Olho as florestas murmurando ao vento
E, ao ver que Tu plantaste cada pé,
Recordo a cruz, o lenho tão cruento,
E no Teu Filho afirmo a minha fé.

Se pararmos um pouco e observar essa estrofe, lágrimas vêm aos nossos olhos, ao recordar a dor que Jesus sofreu ao ser crucificado por mim e você. Nosso Jesus foi humilhado, chicoteado, morto... E, levando ele às costas a sua cruz, saiu para o lugar chamado Caveira, que em hebraico se chama Gólgota, onde o crucificaram, e com ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio. E Pilatos escreveu também um título, e pô-lo em cima da cruz; e nele estava escrito: JESUS NAZARENO, O REI DOS JUDEUS JO 19.17-19. Foi nessa cruz que Jesus Cristo carregou todas as nossas iniquidades, levou Consigo todas as nossas dores e nos concedeu o direito de hoje sermos chamados filhos de Deus. Sim, a Ele, afirmemos nossa fé confessando-O como nosso Único Salvador, porque não foi outro e sim Ele, quem morreu por nós na cruz do calvário.


E quando penso que Tu não poupaste
Teu Filho amado por amor de mim,
Meu coração, que nEle Tu ganhaste,
Transborda, oh! Pai, de amor que não tem fim!

O amor de Deus é tão grande, tão inexplicável e podemos ter uma idéia ao cantarmos essa estrofe e ver que Ele não poupou Seu Filho por me amar! Por amar a mim, a você, onde muitas vezes ninguém nos valoriza, Deus demonstrou profundo amor conosco e hoje, SENHOR, meu coração transborda de gratidão, em nome de Jesus! Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna JO 3.16. Qual o pai que daria seu filho para morrer por amor a outras pessoas? Deus fez isso por nós ao enviar seu único Filho para morrer por mim e por você! E hoje, Ele nos pede que O aceitemos, que O amemos que reconheça que o Filho de Deus é o Salvador, porque Ele é o nosso SENHOR e Salvador! Ainda antes de você ser formado no ventre de sua mãe, Deus enviou seu único Filho pra morrer e salvar a sua vida!

E quando Cristo, o amado meu, voltando,
Vier dos céus o povo seu buscar,
No lar eterno quero, jubilando,
A Tua Santa face contemplar.


O hino encerra com uma estrofe que nos alegra ainda mais, pois não bastasse tudo o que Ele fez por nós, Ele nos garante que um dia estaremos ao lado dEle, podendo olhar pra Ele e viver ao lado dEle eternamente! Glória a Deus! Bem - aventurados aqueles que lavam suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas AP 22.14. Em breve Jesus voltará em grande glória e levará consigo o Seu povo e eu quero ser uma a subir com Ele e poder contemplar a Sua Santa face. O Cristo que foi escarnecido, morto em um madeiro, ressuscitou e está vivo e reina para todo o sempre. Este é o meu Deus, o meu Grandioso, o meu Soberano, o meu Mestre e Salvador e por isso SENHOR é que eu te louvo... Grandioso És Tu! Grandioso És Tu!

Ainda está em tempo de você fazer parte deste povo que é mais que vitorioso, que serve a um Deus que é Grandioso e que em breve, o mesmo Jesus que foi morto, surgirá nas nuvens e nos levará com Ele para as mansões celestiais.

By Gerlane Barcelos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário